Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Policiais Civis da 31ª Delegacia Interativa de Polícia, em Iranduba, localizada a 25km de Manaus, cumpriram na manhã deste sábado (21), 2 mandados de prisão preventiva e 4 de busca e apreensão, em ação decorrente de 2 meses de investigação. A operação, coordenada pelo delegado adjunto Paulo Mavignier, teve apoio dos delegados plantonistas Jeff Macdonald, Demétrius Queiroz e Tamara Albano, além da equipe de investigadores e escrivães do DIP, totalizando 16 policiais envolvidos na ação.

De acordo com a polícia com as prisões de hoje eles conseguiram desarticular 70% do tráfico doméstico de drogas no município. "Fechamos hoje uma investigação que derrubou um dos principais braços do tráfico na sede de Iranduba. Foram mais de 15 prisões em dois meses que desarticularam estas lideranças do tráfico no município", disse o Paulo.

Os mandados foram expedidos pela juíza Ana Paula de Medeiros Braga, da 1ª Vara Criminal de Iranduba, em desfavor das duas pessoas presas e outras ligadas ou grupo. Destes, três mandados de busca e apreensão e dois de prisão foram cumpridos na Travessa 7, bairro Cidade Nova, e um quarto mandado de busca e apreensão foi cumprido em um ramal localizado no km 6 da estrada Manoel Urbano (AM-070).

Foram presos Shirley do Nascimento Bezerra, 36, e o filho dela, Renato Luiz Nascimento Pereira, 20, ambos por tráfico de drogas. Renato já tinha passagem pelo mesmo crime. "Estamos trabalhando para tirar das ruas de Iranduba esse mal que destrói as famílias da nossa cidade. A Polícia Civil, com os novos delegados que aqui chegaram, só vai intensificar as ações contra esses criminosos", disse Elcy Barroso.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •