Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A preocupação contra a “indústria das invasões” e o fortalecimento de um projeto de moradias populares e geração de emprego e renda foram defendidas pelo candidato a vice-prefeito, Orsine Jr. (PMN), em reunião, na tarde de hoje (18), com o presidente do Sindicato dos Fazendários do Amazonas (Sifam), economista Ely Veloso.

A entidade manifestou apoio à campanha que tem o Capitão Alberto Neto (Republicanos) como pré-candidato a prefeito de Manaus.

Os representantes do Sifam apresentaram, para Orsine Jr., propostas de um projeto habitacional utilizando nas casas de material a partir de EPS isopôr no concreto e outro de um sistema aquaviário para desafogar o trânsito de áreas como o Centro da cidade.

“Um dos projetos é o desafôgo do Centro de Manaus, via embarcações hovercrafts com capacidade para 100 pessoas e estações em locais como a região do Tarumã”, explicou Ely Veloso.

“Precisamos urgentemente verticalizar Manaus. A densidade habitacional é muito grande e precisamos construir casas populares imediatamente. Temos que resolver problemas estruturais da cidade”, disse Orsine Jr.

“E desde 1988 enfrentam-se o problema de transporte em Manaus. Isso é uma vergonha. Temos toda uma beira de rio, mas se olha de costas”, destacou ele defendendo investimentos.

A reunião teve a presença de economistas como o pré-candidato a vereador, Walber Farias (Republicanos) e do microempresário, José Divaldo.

Segundo Walber Farias, o encontro “visou fortalecer laços e oferecer apoio à campanha de Capitão Alberto Neto e Orsine Jr.”


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •