Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Audiência Pública realizada pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na tarde da última quarta-feira (7), repercutiu na Sessão Plenária da quinta-feira (8). Em seus discursos, os parlamentares seguem demonstrando preocupação com a possibilidade iminente da 3ª onda da Covid-19 atingir o Estado.

Presidente da Comissão, a deputada Dra. Mayara Pinheiro Reis (PP), disse que a disseminação acelerada da infecção no Amazonas pode diminuir com medidas adotadas pela população e também pelos governantes. “É preciso instalar um hospital-dia nas principais zonas de Manaus, isolamento social e testagem em massa para impedir o aumento vertiginoso dos casos”, disse.

O tema também foi abordado pelo deputado Serafim Correa (PSB). Para ele, o momento impõe muito mais prevenção do que assistência. “Volto a insistir na necessidade de uma propaganda mais direta, que faça com que as pessoas usem máscaras, álcool em gel, que se vacinem”, afirmou.

Já o deputado Felipe Souza (Patriota), lembrou a importância da prevenção contra a doença. Ele pediu a inclusão de todas as pessoas com comorbidades no grupo prioritário de vacinação. “São essas pessoas que mais sofrem com a Covid, as que têm um índice maior de letalidade”, ressaltou.

Outro aspecto da pandemia abordado por Souza foi a necessidade financeira da população, tendo em vista o impacto negativo na geração de emprego e renda. Ele defendeu a inclusão, entre os beneficiários do programa de auxílio emergencial do Executivo Estadual, de todos os profissionais do esporte e da cultura.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •