Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O senador Eduardo Braga (MDB) usou sua página oficial do Facebook para cobrar do ministro da Educação, Abraham Weintraub, uma solução breve a questão do Exame Nacional de Educação (Enem), que deixou milhares estudantes brasileiros prejudicados por erros na correção das provas.

“Faço um apelo em nome de milhões de estudantes, não apenas os amazonenses, mas os de todo o Brasil. Discursos irônicos e revanchistas não irão resolver um problema que bota em risco sonhos que são perseguidos com suor e lágrimas de jovens que vivem um momento decisivo em suas vidas. Vamos em busca de soluções, sr. ministro!”, escreveu o líder do MDB no Senado.

A baixo da publicação, Braga postou um print de uma matéria do site Brasil 247 com o título “Caos no Enem: Judiciário impede divulgação do Sisu”.

Na última sexta-feira (24), a Justiça Federal em São Paulo atendendo a pedido do MPF determinou, em decisão liminar que o processo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) fosse suspenso assim que as inscrições forem encerradas, o que ocorre neste domingo, 26. A decisão, que acata pedido da Defensoria Pública da União, também exige que o governo comprove que o erro na correção das provas do Enem 2019 foi solucionado completamente.

Isso significa que os resultados do Sisu não puderam ser divulgados nesta segunda-feira, 27. Além disso, o Inep, instituto responsável pelo Enem, precisa comprovar em até cinco dias que a revisão das notas nas quais foram encontradas falhas foi considerada para a readequação das notas de todos os candidatos ao Exame. O órgão também tem que provar que todos os participantes que pediram revisão das notas tiveram o pedido reavaliado e receberam resposta mesmo que o questionamento não tenha sido atendido.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •