Compartilhe

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (PV), confirmou que o parlamento estadual vai adotar sistema de funcionamento misto até o dia 30 de janeiro. O objetivo, segundo ele, é contribuir na contenção do avanço da Covid-19.

Entre as medidas que começam a vigorar na segunda-feira, 17, está a adoção do sistema de trabalho misto, com parte dos servidores presencial e parte em sistema home-office, o que vai ser definido por cada diretoria e por cada gabinete parlamentar.

Segundo o presidente, irá haver restrições também quanto à quantidade diária de visitantes externos para cada setor, com a exigência de apresentação de comprovante de vacinação com o ciclo vacinal completo. Todos, sem exceção, deverão também cumprir os protocolos de segurança, como o uso de máscara e álcool em gel, distanciamento social e aferição de temperatura.

Roberto Cidade também voltou a defender a necessidade de vacinação e informa que será feito um trabalho de busca ativa, em cada setor, para verificar se ainda existem servidores que não tenham tomado as duas doses, para motivá-los a procurar a imunização.

O presidente disse ainda que, no final do mês, a Mesa Diretora da Casa, com suporte técnico da Diretoria de Saúde, irá avaliar a necessidade ou não da prorrogação dessas medidas.


Compartilhe