Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

MONZA, 15 SET (ANSA) – Uma professora de uma escola primária da cidade de Vallo di Lauro, na província de Avellino, foi suspensa de suas atividades por ter abusado fisicamente e psicologicamente de seus alunos.   

A decisão foi tomada pelo Ministério Público de Avellino, no sul da Itália, após diversas denúncias das mães das crianças que estudavam no local.   

Os investigadores do caso conseguiram gravar áudios e vídeos da professora gritando, insultando e espancando os alunos. A mulher, que não teve seu nome revelado, recebeu uma suspensão válida por 10 meses.   

Um caso muito semelhante aconteceu em um jardim de infância na província de Monza e Brianza, no norte da Itália. Uma professora maltratava quase 20 crianças entre 3 e 5 anos de idade.  

A mulher, de 59 anos, foi denunciada por outros professores, que apresentaram um relatório sobre o comportamento ilegal da colega de trabalho ao diretor da escola. Ele repassou o caso para a polícia, que abriu uma investigação e suspendeu a profissional por pelo menos um ano. (ANSA).   


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •