Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Professores e gestores escolares do município de Pauini (a 923 km de Manaus), tiveram uma grata surpresa nesta quinta-feira, 8, com o pagamento do abono salarial referente às sobras do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O prefeito Renato Afonso (PSD) identificou a sobra de recurso e de imediato autorizou a ação.

A decisão foi muito comemorada pelos funcionários e pelo Secretário Municipal de Educação, Raimundo Mendes, que acompanhou a conclusão da prestação de contas referente ao ano de 2020.

Para o prefeito Renato Afonso, que cumpre agenda na capital, em busca de recursos para o município, a iniciativa demonstra o compromisso da gestão atual com a educação. Ele lamentou o fato do pagamento ser restrito apenas aos professores e gestores, por conta do planejamento da administração passada, que não abrangeu todos os servidores.

“É uma ação que demonstra a valorização por parte do governo municipal junto aos educadores. Esperamos fortalecer a economia local neste momento de pandemia, pois o abono deve causar um impacto econômico no
município. Infelizmente, não foi possível pagar todos os servidores da educação, mas em nossa gestão vamos trabalhar para que todos sejam contemplados”, destacou o prefeito.

Ao todo, 185 profissionais da educação foram beneficiados com o abono no valor de R$ 1.245,73, equivalente ao vínculo de 20h. Profissionais com vínculo de 40h, receberam R$ 2.491,46, totalizando R$ 230.460,05.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •