Foto: Fábio Romão
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Financiado com recursos de emendas parlamentares da deputada estadual Joana Darc (PL), a Fundação Amazônia Sustentável (FAS), divulgou a prorrogação do edital do processo seletivo para doação de ração destinada aos protetores e cuidadores de animais até o dia 05 de março. A distribuição faz parte da Política Estadual de Bem-estar Animal, executada pela instituição por meio da Secretaria Executiva de Bem-Estar Animal (Asbea) da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema).

Conforme o Edital do processo, a distribuição do alimento deve acontecer nos municípios de Manaus, Novo Airão (distante 115 km de Manaus em linha reta), Manacapuru (distante 68 km de Manaus em linha reta), Área de Proteção Ambiental (APA) do Rio Negro e Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Rio Negro e RDS Puranga Conquista.

Esta é primeira vez que recursos de parlamentares são destinados para fomentar projetos de bem-estar animal no estado do Amazonas. Para Joana Darc, a distribuição vai colaborar não só com a qualidade de vida dos animais, mas de toda a comunidade alcançada pelo projeto. “Conheço bem a realidade do nosso Estado no que diz respeito aos animais nas ruas e protetores de animais. Por isso propus a criação de alguns projetos de bem-estar animal, dentre eles o de doação de ração para protetores em parceria com a FAS e a Sema, para ajudar aos protetores de animais que precisam de apoio para salvar a vida de muitos animais” destacou a deputada.

A parlamentar afirmou ainda que mais projetos em prol da causa animal deverão ser lançados em parceria com a FAS e Sema, com apoio de suas emendas parlamentares. “Este é só um dos primeiros grandes passos que estamos dando em apoio à causa animal no estado, muita coisa boa ainda vem por aí, como o primeiro castramóvel estadual que já está a caminho do nosso estado e não serão apenas um, mas 3 castramóveis estaduais ”, afirma Joana Darc.

Da inscrição

O Edital do processo já está disponível no site fas-amazonia.org, ou por meio do link abre.ai/bem-estar-animal, lembrando que os interessados devem possuir uma declaração de validação de aptidão à proteção animal, autenticada por uma Organização não-governamental ou por um Médico Veterinário.

Para participar do processo é necessário que o inscrito cumpra todas as normas do edital do projeto.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •