Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Quase dois anos depois do crime ambiental de Brumadinho, equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) encontraram mais um corpo entre as vítimas do rompimento da barragem de Córrego do Feijão. O fragmento foi encontrado na região chamada de Esperança II, que fica a cerca de 2,4 quilômetros da barragem e é determinada como ponto de grande probabilidade de localização de vítimas. Com informações de BHZ.

De acordo com o major Josias Soares de Freitas Júnior, do Corpo de Bombeiros, as equipes encontraram “importante parte de um corpo, que pode ajudar na identificação de uma das joias (como os moradores do local chamam os corpos) ainda não localizadas”. Os militares esclareceram ainda que há uma grande possibilidade de essa ser uma nova identificação, “tendo em vista o grau de integridade do segmento”.

Ainda não é possível, contudo, determinar se o corpo é de uma das vítimas ainda não localizadas. Oficialmente, os números permanecem os mesmos – 11 pessoas desaparecidas – e só serão alterados após a confirmação oficial da perícia da Polícia Civil.

Ainda no início do mês, os militares já haviam encontrado, também na área Esperança II, a caminhonete que aparece nas imagens do momento em que a barragem se rompe e que foi estratégica para a operação. Esses avanços confirmam, segundo os bombeiros, “a eficácia dos estudos e planejamentos implementados nesta fase da operação”.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •