Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Depois de 9 anos trabalhando no SBT, Rachel Sheherazade foi dispensada por e-mail da emissora de Silvio Santos um mês antes do término de seu contrato, previsto para 31 de outubro, e foi às redes sociais se despedir dos telespectadores do SBT Brasil, telejornal em que atuava como âncora.

“Como vocês já sabem, há cerca de um mês, eu e o SBT decidimos não renovar nossa parceria de quase 10 anos. Nosso contrato deveria prosseguir até 31 de outubro, mas o SBT me comunicou através de um e-mail que a partir de hoje, segunda-feira, 28 de setembro, eu não mais precisaria voltar à emissora para apresentar o SBT Brasil”, diz a jornalista, que atribui a Luciano Hang, o Veio da Havan, sua demissão.

Proibida por Silvio Santos de emitir opinião, após se envolver em polêmicas, Rachel Sheherazade alfinetou o dono da emissora ao dizer que elevou a audiência do telejornal. “Já houve tempos em que a opinião era uma marca do SBT Brasil em que nós chegamos a incríveis dois dígitos de audiência”.

No vídeo, intitulado “até breve, meus telespectadores”, divulgado no Youtube na hora do telejornal na noite desta segunda, Sheherazade diz que foi às redes para não “sair à francesa”.

“Em consideração e respeito a vocês, dizer adeus a vocês. Adeus, não… Um até breve”, disse a jornalista, segurando a emoção.

“Infelizmente não tiver a oportunidade de me despedir dos meus telespectadores, dos meus colegas”, diz ela, elencando os colegas de trabalho. “É muita gente que não cabe aqui, mas cabe em meu coração. E eu não vou esquecer vocês, vou rever breve e sempre”, afirma, ao ressaltar que esse não é o “último capítulo”.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •