Foto: Robervaldo Rocha/CMM
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O vereador Raiff Matos (DC) vai encaminhar ofício à Seduc (Secretaria de Estado de Educação) alertando sobre um livro didático encaminhado aos alunos da rede estadual que banaliza o suicídio.

No documento, o vereador também pede informações sobre as medidas que as escolas estaduais estão adotando de conscientização ao suicídio dentro do Setembro Amarelo. 

“Em pleno Setembro Amarelo, quando são estimuladas ações de prevenção ao suicídio, vemos esse tipo de conteúdo sensível dentro das escolas que deveriam estar mais atentas contra os gatilhos para esse mal”, questionou o vereador. 

O texto questionado pelo vereador consta no livro de Língua Portuguesa, destinado ao 6 Ano, incluído na série Avalia Brasil. O texto utilizado é de autoria de João Silvério Trevisan com o nome “Dois corpos que caem”. Ele relata o encontro de dois suicidas em pleno ar, refletindo sobre a vida, a morte e o suicídio como se fosse algo banal. 

“O problema é ainda mais sério pois o livro é destinado a estudantes de 12 anos, um grupo de risco que ainda não possui maturidade para lidar com um tema tão sensível”, justificou o vereador. Raiff disse esperar que a Seduc possa ficar mais atenta a todo conteúdo distribuído aos estudantes e a Semed possa estar vigilante contra esse tipo de material. 

“Vou continuar fazendo minha parte, fiscalizando e buscando impedir que as crianças e adolescentes tenham acesso a conteúdo impróprio para sua faixa etária nas escolas”, disse.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •