Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O município de Rio Preto da Eva, na Região Metropolitana de Manaus, é a quarta cidade a receber as formações do projeto Trilhas do Saber, que integra o programa Educa+Amazonas. No município, situado a 57 quilômetros da capital, serão realizadas 12 formações, entre quarta (22/09) e quinta-feira (23/09), voltadas a docentes e não docentes. Ao todo, 500 profissionais da Educação municipal e estadual farão os percursos formativos.

A iniciativa integra o programa Educa+Amazonas, lançado em julho de 2021 pelo governador Wilson Lima, com 13 projetos prioritários para investimento na educação pública do estado.

A secretária de Educação e Desporto, Kuka Chaves, ressalta o Trilhas do Saber como um grande projeto integrador. “O Trilhas vem mostrando como é importante pensar a educação de uma forma integral, com todos os seus itinerários e peculiaridades, agregando, inclusive, as tecnologias, tão necessárias atualmente”.

Andréa Cavalcante, pedagoga do Centro de Formação Padre José de Anchieta (Cepan), é uma das coordenadoras do projeto em Rio Preto da Eva, e pontua que a inclusão de não docentes nas formações é o diferencial do Trilhas do Saber, que já passou pelos municípios de Tefé, Tabatinga e Manacapuru.

“É importante trazê-los para essa formação, para que eles possam fazer uma reflexão das suas práticas profissionais e inovar, independente da função que eles desenvolvem na escola, a formação vai trazer essa renovação do fazer. Queremos atender o maior número de pessoas que busquem essas formações e, consequentemente, melhorar a educação do município”, frisa a coordenadora.

Integração – Aliar as disciplinas mais visadas, como a Matemática e a Língua Portuguesa, às práticas do esporte e da consciência corporal tem sido um desafio encontrado pelo professor de Educação Física, Aurenison Lima, da Escola Municipal Menino Jesus.

Ele vai fazer o percurso “Construindo uma educação que faz sentido”, que é seguido do minicurso “Ensino Híbrido e autonomia da aprendizagem” e da oficina “Educomunicação”. Com os dois dias no Trilhas do Saber, ele espera poder agregar melhores práticas às suas aulas e despertar, ainda, mais o interesse dos alunos.

“Às vezes, o estudante e a própria gestão focam apenas nas disciplinas de base e esquecem da Educação Física, das Artes, e tudo isso é necessário para a formação da criança e do adolescente. Eu espero que o Trilhas contemple isso, que a gente possa aprender novas práticas”, estima o professor.

Trilhas do Saber – O circuito formativo do Trilhas do Saber é uma iniciativa do Governo do Amazonas e integra o programa Educa+Amazonas, lançado em julho deste ano, com investimentos da ordem de R$ 400 milhões em quatro eixos prioritários.

Para a execução do Trilhas do Saber, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto atua em parceria com o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam).


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •