Templo hindu na Índia. (Foto: Apandan Pattanayak/Unsplash)
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Durante um comício com membros do Partifo Bharatiya Janata (BJP) no dia 1º de outubro, Swami Parmatmanand, sacerdote hindu do estado indiano de Chhattisgarh pediu a decapitação de cristãos, segundo as informações do The Wire.

Cristãos no estado estão temendo que o comentário do líder hindu desencadeie uma nova onda de violência anticristã.

Parmatmanand pediu diante de muitos membros do BJP que cristãos envolvidos em supostas conversões forçadas fossem assassinados.

“Decapite-os … aqueles que vêm para a conversão”, Parmatmanand disse aos que estavam presentes no comício. “ Agora você dirá que estou espalhando ódio, embora seja um santo. Mas é importante acender o fogo às vezes. Estou lhe dizendo; quem vier na sua casa, rua, bairro, vila, não perdoe”.

O sacerdote já é conhecido em Chhattisgarh por ser violento contra as minorias religiosas. Em 20147, ele pediu que aqueles que matassem vacas fossem assassinados com balas de vidros.

Em 1º de Outubro a manifestação “Pare as Conversões Religiosas” foi organizada por Sarwa Sanatan Hindu Raksha Manch, uma coalizão de apoiadores do Hindutva no estado, segundo o International Christian Concern.

Na Índia os cristãos e outras minorias religiosas no país, como  islamismo é perseguido violentamente pelos radicais hindus que tem a sua liberdade cassada.

Durante um comício com membros do Partifo Bharatiya Janata (BJP) no dia 1º de outubro, Swami Parmatmanand, sacerdote hindu do estado indiano de Chhattisgarh pediu a decapitação de cristãos, segundo as informações do The Wire.

Cristãos no estado estão temendo que o comentário do líder hindu desencadeie uma nova onda de violência anticristã.

Parmatmanand pediu diante de muitos membros do BJP que cristãos envolvidos em supostas conversões forçadas fossem assassinados.

“Decapite-os … aqueles que vêm para a conversão”, Parmatmanand disse aos que estavam presentes no comício. “ Agora você dirá que estou espalhando ódio, embora seja um santo. Mas é importante acender o fogo às vezes. Estou lhe dizendo; quem vier na sua casa, rua, bairro, vila, não perdoe”.

O sacerdote já é conhecido em Chhattisgarh por ser violento contra as minorias religiosas. Em 20147, ele pediu que aqueles que matassem vacas fossem assassinados com balas de vidros.

Em 1º de Outubro a manifestação “Pare as Conversões Religiosas” foi organizada por Sarwa Sanatan Hindu Raksha Manch, uma coalizão de apoiadores do Hindutv no estado, segundo o International Christian Concern.

Na Índia os cristãos e outras minorias religiosas no país, como  islamismo é perseguido violentamente pelos radicais hindus que tem a sua liberdade cassada. (Gospel Prime)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •