Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Seis meses depois de sofrer um grave acidente e passar por diversas cirurgias, o italiano Alessandro Zanardi voltou a falar. A informação foi divulgada pela neurocientista Federica Alemanno, do hospital San Raffaele, em Milão, em entrevista ao jornal Corriere della Sera.

Zanardi passou por um procedimento chamado craniectomia acordada. Ele é feito para testar e preservar as funções cerebrais. “Foi uma grande emoção quando ele começou a falar, ninguém acreditou. Ele estava lá e se comunicou com sua família”, afirmou Federica Alemanno.

Em dezembro, Zanardi havia apresentado uma melhora. O ex-piloto e atleta paralímpico respondeu perguntas realizadas por médicos e por sua mulher com sinais e trouxe esperança de plena recuperação.

O bicampeão paralímpico de ciclismo sofreu acidente em um festival para comemorar o renascimento do país após a pandemia do novo coronavírus em Siena, na Itália. Zanardi perdeu o controle de sua bicicleta, invadindo a contramão e bateu em um caminhão. O atleta foi vítima de traumatismo craniano e, desde o acidente, permaneceu em coma induzido.

O italiano perdeu as duas pernas em um acidente automobilístico em 2001, em prova da Cart, na Alemanha. Antes, competiu na Fórmula 1 entre 1991 e 1994, depois indo para o automobilismo norte-americano, onde foi campeão na Cart em 1997 e 1998, regressando no ano seguinte para a F-1.

Mesmo após o acidente, i italiano ainda seguiria envolvido no automobilismo, mas aos poucos passou a se concentrar no esporte paralímpico. Ele ganhou quatro medalhas de ouro e duas pratas nos Jogos de 2012 e 2016. O italiano também competiu na Maratona de Nova York e estabeleceu um recorde de ironman em sua classe. (Estadão)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •