Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Somente na 1ª Vara do Tribunal do Júri um total de 75 jurados estarão à disposição para a realização das sessões.

A I Semana Nacional do Tribunal do Júri, que será realizada de 17 a 21 de março, vai reunir 75 jurados somente na 1ª Vara do Tribunal do Juri da Comarca de Manaus. O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) pautou 50 julgamentos no período: dois por dia nos cinco locais de sessão.

No período serão feitos julgamentos no Plenário do Tribunal do Júri Luiz Augusto Santa Cruz Machado e no Auditório Fábio Antônio Teixeira do Couto Valle, localizados no Fórum Ministro Henoch Reis, além do Centro Universitário do Norte (Uninorte), Escola Superior Batista do Amazonas (Esbam) e Auditório da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Amazonas (OAB-AM).

Normalmente, 50 jurados são convocados para cada semestre, mas, com a Semana Nacional do Juri, a 1ª Vara convocou mais 25 jurados. Estes são solicitados das diversas repartições públicas no Amazonas e são servidores idôneos que ficam à disposição da Vara para os julgamentos.

“Vamos ter 75 jurados à disposição para os sorteios nos julgamentos na Semana Nacional do Júri. Aproveitamos para agradecer ao órgãos públicos que cederam essas pessoas. É uma responsabilidade muito grande e eles não podem faltar, pois se acontecer isso eles podem ser multados”, afirmou o diretor da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Jorge Glauber Lira Barros.

A 1ª Vara do tribunal do Júri vai dividir os jurados nos locais em que vão ser realizados os julgamentos. Em cada sessão são sorteados sete jurados para participar do julgamento, mas podem ser negados três nomes pelo Ministério Público e três pela defesa.

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) está mobilizando os Tribunais de todo país para a realização da I Semana Nacional do Tribunal do Júri. A medida deverá contribuir para o alcance da Meta 4 da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp), que prevê o julgamento, até outubro de 2014, de todas as ações penais de homicídios dolosos que tenham recebido denúncia até 31 de dezembro de 2009.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •