Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Polícia Civil de São Paulo prendeu, na terça-feira (14), quatro mulheres, suspeitas de integrar uma quadrilha especializada em aplicar golpes financeiros. De acordo com os agentes, elas foram encontradas em um imóvel usado pelo grupo como central de atendimento na capital paulista.

Conforme a polícia, a quadrilha já era investigada por um esquema envolvendo falsas orientações, obtenção de dados bancários e até retirada de cartões magnéticos por motoboys ligados à quadrilha.

Durante as investigações, os agentes descobriram que os responsáveis haviam montado um call-center com operadoras e gravações simulando às de instituições financeiras. A central de comando do golpe, que funcionava em um imóvel no bairro Perus, foi criada com o objetivo de ludibriar correntistas idosos para obtenção de dados bancários.

Depois de realizar monitoramento, os investigadores foram até o endereço, onde surpreenderam três mulheres deixando o imóvel. Uma quarta integrantes do grupo foi detida ainda dentro do local, onde foram encontrados notebooks, celulares e planilhas com dados para serem captados.

As quatro mulheres foram autuadas por estelionato e associação criminosa. Os materiais localizados foram apreendidos e encaminhados ao Instituto de Criminalística (IC) para análise pericial. Conforme a polícia, as informações colhidas auxiliarão nas próximas etapas da investigação.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •