Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) realizará uma pesquisa interna sobre a situação vacinal de magistrados e magistradas, servidores e servidoras, terceirizados e terceirizadas, além dos estagiários e das estagiárias da Corte sobre a covid-19. O link para o preenchimento da pesquisa estará disponível na intranet, no período de 1.º a 15 de agosto. Para ter acesso ao questionário será necessário estar logado no e-mail institucional.

Segundo o secretário-geral de Administração, Chrystiano Lima e Silva, com a pesquisa o Tribunal visa a levantar informações necessárias para avaliar a situação vacinal e o percentual de grupo de risco (pelas comorbidades existentes) das pessoas que trabalham na instituição.

A médica Ana Cyra Saunders Fernandes, da Secretaria de Serviços Integrados de Saúde do TJAM, explica que se procura estimular quem está com receio de se vacinar e saber se retornaram para tomar a segunda dose do imunizante, ou, caso ainda não tenham feito, a Corte vai procurar verificar o motivo.

Questionário

A pesquisa iniciará com informações sobre: município de lotação, faixa etária e se a pessoa tomou imunizante. Caso não tenha tomado, a pergunta seguinte é se há pretensão de tomar, data prevista, ou se gostaria de justificar o não recebimento da vacina.

Caso o participante tenha tomado a vacina, qual o tipo de imunizante (número de doses), nome (Coronavac, AstraZeneca, Pfizer ou Janssen), se completou o ciclo, e se não completou, por que motivo.

O questionário buscará, ainda, levantar informações sobre a existência de comorbidades entre os participantes, que terão o sigilo das respostas resguardado.

Apoio

A pesquisa foi viabilizada com o apoio da Divisão de Desenvolvimento de Sistemas e Inovações Tecnológicas, da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação do TJAM.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •