Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A amizade é um valor fundamental na vida humana. A Bíblia chega dizer que “Quem encontrou um amigo encontrou um tesouro”. O verdadeiro amigo é aquele que acolhe o outro na hora que ele precisa.  

Na escola, o estudante deve aproveitar o ambiente para ampliar o seu ciclo de amizade. Muitas amizades que surgem no período escolar seguem para além dos muros, formando parcerias e até núcleo familiar. 

A amizade no ambiente escolar contribui para a socialização dos valores e ampliação da visão de mundo dos estudantes. O estudante que consegue unir amizade e estudo, o sucesso no conhecimento é garantido. 

Quem não faz amizade na escola vive triste, pelos cantos, sozinho e isolado. Para que o estudante afaste os maus pensamentos, pensamentos egoístas, sentimento de culpa, solidão, etc., é preciso buscar ajuda. 

Os professores, os pedagogos, os gestores, no ambiente escolar, são pessoas preparadas para ajudar os estudantes. Em muitos casos é preciso flexibilizar o conteúdo programático para que o(a) professor(a) possa atender o estudante que mais precisa de apoio. 

Quando um estudante se sente triste na escola é porque alguma coisa está acontecendo, seja de ordem pessoal, familiar ou intelectual. No ambiente escolar as convicções pessoas nunca devem prevalecer sobre as decisões coletivas. 

Quanto mais se respeita à diversidade de opiniões, de cultura, de credo, mas o ambiente escolar se torna alegre e feliz. A pluralidade de ideias deve ser sempre a marca de um ambiente escolar harmonioso e colaborativo.     

Quando todos trabalham em prol do bem comum, o sucesso profissional dos alunos é garantido. Muitos se tornam “Bons cristãos e honestos cidadãos” como dizia Dom Bosco, o fundador da Família Salesiana. 

A união de todos, professores, pais, alunos, pedagogos, gestores, torna à escola referência na comunidade. A ética, o respeito, o amor, a solidariedade, são valores que devem ser ensinados no ambiente escolar. 

Na escola, quando o estudante se sente acolhido e respeitado, o conhecimento torna-se hobby. Ao contrário, quando ele sente que o ambiente não lhe é favorável, tudo o que ele quer é sair dali o mais rápido possível. 

Há quem consiga aprender por conta própria e muitos atingem a maturidade intelectual. No entanto, a escola deve ser o lugar ideal para todos, para que o estudante desenvolva suas habilidades sociais e intelectuais. 

O estudante que consegue formar boas amizades no ambiente escolar têm mais chance de ser feliz do quer o estudante que não tem amigos. Por fim, a Bíblia está certa: “Quem encontrou um amigo encontrou um tesouro”. Seja e tenha muitos amigos! Vamos pensar sobre isto? 

Luís Lemos

Filósofo, professor universitário e escritor, autor do livro: “Jesus e Ajuricaba na Terra das Amazonas”.
Instagram: @professorluislemos
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UC94twozt0uRyw9o63PUpJHg


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •