Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A chegada do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao aeroporto de Vitória, no Espírito Santo, causou aglomerações no local. O chefe do Executivo partiu de Brasília, na manhã desta sexta-feira (11/6), por volta das 8h30, para a cerimônia de entrega do Residencial Solar São Mateus, em São Mateus, sétimo município mais populoso do estado.

Assim que pousou, o presidente abriu uma transmissão ao vivo no Facebook. Nela, é possível ver o tumulto na hora em que Bolsonaro cumprimenta os apoiadores. Ele não estava usando máscara.

Veja vídeo:

A comitiva presidencial é composta pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas; pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP); e pelo ex-senador Magno Malta (PL-ES), entre outros.

Vigora no município, desde 2020, um decreto que obriga pessoas a usarem máscaras em estabelecimentos comerciais, com multa de R$ 956, em caso de desobediência. Até fevereiro deste ano, o município arrecadou mais de R$ 5,6 mil em multas a estabelecimentos que permitiram em seu interior pessoas sem máscara.

Já o decreto estadual, DECRETO N° 4648-R, de maio de 2020, determina a utilização obrigatória de máscaras “como medida para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do novo Coronavírus”. O decreto não cita multas para quem não o cumprir.

No caminho para o local da cerimônia, Bolsonaro cumprimentou apoiadores parcialmente com o corpo dentro do veículo presidencial, em movimento. Apesar de ser uma manobra perigosa, Bolsonaro tem feito os cumprimentos, repetidamente, nos eventos que vai no estados brasileiros.

Uma jovem que protestava, sozinha, em frente aos apoiadores do presidente, segurando uma placa “Bem-vindo, 500 mil (mortos pela Covid-19)”, foi hostilizada aos gritos de “petista, lixo, puta e vagabunda”. Veja o momento:

Marinha

Enquanto se dirigia a Vitória, o presidente deixou uma mensagem para ser lida na cerimônia de comemoração do 156° Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo. Na mensagem, ele elogiou a atuação das Forças Armadas:

“Nos dias de hoje, as ameaças e as dificuldades mostram-se de outra forma, podendo até ser invisíveis aos nossos olhos. Porém, o comprometimento dos nossos anônimos marinheiros e demais militares nos enche de crença no futuro. Esse complexo mundo em que vivemos mexe em uma nova geopolítica, está repleto de transformações e a Marinha as vem acompanhando no compromisso de formarmos uma nação moderna e atuante no cenário internacional”, disse. Com informações de Metrópoles.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •