Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na noite de sábado (19/09), a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), por meio da Central Integrada de Fiscalização, realizou uma ação com o objetivo de supervisionar o cumprimento das normas de prevenção e combate ao novo coronavírus em Manaus. Durante a fiscalização, dois estabelecimentos foram fechados devido a irregularidades.

Ao todo, foram fiscalizados 24 estabelecimentos localizados em diferentes zonas da capital. Na Avenida Jornalista Umberto Calderaro Filho, uma loja de conveniência foi autuada e precisou fechar devido a falta de licença e aglomeração. Já na Avenida Tefé, zona Sul de Manaus, uma casa de pagode foi notificada e orientada quanto a questão do distanciamento entre as mesas.

A ação reuniu servidores de órgãos estaduais como SSP-AM, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar (CBMAM), Ouvidoria Geral do Sistema de Segurança Pública e Defesa Civil, e municipais, como a Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus), Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (Immu) e Casa Militar do Município. 

De acordo com o Major Botelho, responsável por comandar uma das duas equipes que atuaram na ação deste sábado, as irregularidades mais frequentes observadas foram a ausência do afastamento das mesas e aglomeração de pessoas. Segundo a autoridade, além de garantir o cumprimento das normas, as ações buscam orientar.

“As equipes responsáveis pela fiscalização tem repassado as orientações devidas e orienta para que os estabelecimentos cumpram de fato o que foi estabelecido pra que ele não venha, em uma próxima fiscalização, ser notificado ou mesmo ter o estabelecimento fechado devido ao descumprimento”.

Para fazer denúncias e colaborar com o trabalho de fiscalização, a população pode ligar para o 190, do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), ou o 181, o disque-denúncia da SSP-AM. 


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •