Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Nesta semana, a programação do Cine Casarão, espaço dedicado à Sétima Arte do Casarão de Ideias, contará com quatro estreias: ‘Zimba’, ‘Cabeça de Nêgo’, ‘Danças Negras’ e ‘O Palhaço, Deserto’. Os ingressos para as sessões podem ser adquiridos antecipadamente no perfil do espaço cultural, no Instagram (@casaraodeideias), ao preço de R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia).

A primeira estreia ocorre na quinta-feira (21), às 16h30, com a exibição de ‘Zimba’, longa-metragem de Joel Pizzini. O filme aborda a trajetória artística e existencial do ator e diretor de teatro, Ziembinski, que ao denunciar o nazismo com a peça ‘Genebra’, de Bernard Shaw, é obrigado a fugir da Polônia. Após sua fuga, chega por acaso ao Brasil onde se encontra com Nelson Rodrigues e monta ‘Vestido de Noiva’, que revoluciona as artes cênicas no País.

Narrado em primeira pessoa, a partir de vasto material de arquivo e com participações das atrizes Nathalia Timberg, Camila Amado e Nicette Bruno, o filme recupera performances de Ziembinski no cinema, novelas e teleteatros por meio de um diálogo cine-teatral. O filme será reexibido no sábado (24), às 17h30.

Ainda na quinta, será exibido também ‘Cabeça de Nêgo’, de Déo Cardoso. Após reagir a um insulto em sala de aula, Saulo é expulso da escola, recusando-se a sair das dependências da instituição. Em sua ocupação, ele usa as redes sociais para expressar todo o seu descontentamento com a direção, expondo o abandono e a solidão sofridos por ele e outros estudantes, iniciando um verdadeiro movimento estudantil. A reexibição será no sábado, às 19h30, e no domingo (25), às 16h30.

A terceira estreia fica por conta de ‘O Palhaço, Deserto’, na sexta-feira (22), às 15h30. Com direção de Patrícia Lobo, o filme apresenta entre a ilusão de um cabaré e o realismo do dia a dia, após mais de 40 anos dedicados à profissão de palhaço, como Cidadão (Paulo Jordão) enfrenta o seu primeiro dia de aposentado.

A quarta e última estreia é ‘Danças Negras’, também na sexta-feira, mas às 17h30. O documentário apresenta um debate sobre a presença da cultura negra na contemporaneidade, bem como os diversos paradoxos encontrados no ambiente de uma sociedade marcada por uma tradição racista e escravocrata. A reexibição está marcada para sábado, às 15h30.

Programação

Ainda na programação, os cinéfilos podem conferir ‘A Chorona’ com direção de Jayro Bustamante (sexta, às 19h30) e ‘A Última Floresta’ com direção de Luiz Bolognesi (domingo, 19h30).

Na programação desta quarta-feira (20), na ‘Quarta dos Clássicos’ que tem entrada gratuita, o Cine Casarão exibe ‘Amor, Sublime Amor’, às 16h, e ‘Moulin Rouge’, às 18h30.

Vale ressaltar que a sala de exibição do Cine Casarão está funcionando com 50% de sua capacidade, ou seja, apenas 18 lugares. Também está sendo colocada em prática a triangulação de assentos, proporcionando assim o distanciamento seguro.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •